HISTÓRICO


Conselho Regional de Medicina Veterinária de Santa Catarina

No dia 8 de setembro de 1969 tomou posse a primeira diretoria do CRMV/SC, liderada pelo médico veterinário Abel Just. O CRMV/SC foi um dos primeiros a ser criados no País, através da resolução CFMV 05/69. O Conselho passava, então, a atuar com as funções de registro profissional e de fiscalização conforme o estabelecido pela Lei 5.517, de 23/10/68, que criou os Conselhos Federal e Regional.

De lá para cá, 13 diretorias comandaram o CRMV/SC, cuja responsabilidade é fiscalizar o exercício da profissão de médico veterinário e zootecnista; orientar, supervisionar e disciplinar as atividades relativas às profissões dos Médicos Veterinários e Zootecnistas. Além disso, os Conselhos também têm a finalidade de servir como órgão de consulta dos governos da União, dos Estados e dos Municípios em todos os assuntos relativos à profissão bem como aos ligados, direta ou indiretamente, à produção ou à indústria de produtos de origem animal.


Diretorias

1° Diretoria - Triênio 1969/1972
Posse: 08 de setembro de 1969

Presidente: Abel Just
Vice-Presidente: Alberto dos Santos
Secretário Geral: Paulo Antonio Truccollo
Tesoureiro: Victor Santos Machado

Conselheiros Efetivos:
Irineu Guedes, Belizário Ramos Netto, Santo Zacarias Gomes, Pedro Américo Ferreira Salles, Hamilton Ricardo Farias, Mohair Thomé de oliveira

Conselheiros Suplentes:
Nilson Ernesto Hack, Neri de Souza, Erny Ernesto Bradasch, Plácido Goulart Machado da Rosa, Joel da Costa Pereira, José Quevedo Maia



2° Diretoria - Triênio 1972/1975
Posse: 09 de setembro de 1972

Presidente: José Quevedo Maia
Vice-Presidente: Santo Zacarias Gomes
Secretário Geral : Eduardo Mazzoni Gonzáles
Tesoureiro: Álvaro Walter Bruneti

Conselheiros Efetivos:
Carlos Alberto de Melo, Hogeniano Pohlod, Ubiratan Vaz, Hamilton Ricardo Farias, Alberto dos Santos, Pedro Américo Ferreira Sales

Conselheiros Suplentes:
Plácido Goulart Machado da Rosa, Jose Elaudio Della Giustina, Romeu Antonio Cherobin, Belizário Ramos Netto, Osvaldo Rubin, Hiroichiro Takashima

Presidente renuncia ao cargo no dia 16 de janeiro de 1973

 Complementação do mandato

Presidente: Santo Zacarias Gomes
Vice-presidente: Osvaldo Rubim
(Eleito em sessão plenária no dia 6 de fevereiro)



3° Diretoria - Triênio 1975/1978
Posse: 09 de setembro de 1975


Presidente: Hamilton Ricardo Farias
Vice-Presidente: Pedro Américo Ferreira Sales
Secretário Geral: Juarí do Nascimento Pimentel
Tesoureiro: Mohair Thomé de Oliveira

Conselheiros Efetivos:
Olices Osmar Santini, Edmundo Otto Bublitz, José Alberto Rossi, João Vargas Montardo, Nelson Sell Duarte, Milton da Silva Nemecek

Conselheiros Suplentes:
Romualdo Gurak, Jurij Sobestiansky, João Romário de Carvalho, José Elaudio Della Giustina, Aldo Lucidoro Paes Martins, Gerson Catalan



4° Diretoria - Triênio 1978/1981
Posse: 08 de setembro de 1978


Presidente: Nereu Correa
Vice-Presidente: Olices Osmar Santini
Secretário Geral: Roni Tadeu Naschenverg Barbosa
Tesoureiro: Aguinaldo Scheffer

Conselheiros Efetivos:
Romualdo Gurak, Assis Roberto de Bem, Edésio Jacó Brandalise, João Romário de Carvalho, Fernando Antonio Menezes de Figueiredo, Gilberto Amorim Souto

Conselheiros Suplentes:
Mario Kazuo Shimiki, Celso Alves Rodrigues, José Carlos Abilhoa, Waldemar Bubniak, Silvino Nuernberg, Paulo Cesar Rodrigues Duarte



5° Diretoria - Triênio 1981/1984
Posse: 08 de setembro de 1981

Presidente: João Vargas Montardo
Vice-Presidente: Jurandi Soares Machado
Secretário Geral: Cleber Tailor Carneiro
Tesoureiro:Paulo Roberto Costa Leite Garcia

Conselheiros Efetivos:
Luiz Carlos Galarz, Romualdo Gurak, Waldemar Bubniak, Edesio Jacó Brandalise, Nilson Ernesto Hack, Benedito Jose Iglesias Canha

Conselheiros Suplentes:
Geraldo Jorge Severgnini Bernardes, João Arthur da Cunha Traverso, Aderli Lappe do Prado, Antonio Rotta, José Carlos Abilhoa, Paulo Cesar Rodrigues Duarte



6° Diretoria - Triênio 1984/1987
Posse: 06 de setembro de 1984
Impugnada pelo CFMV através de Portaria n°22 de 12/09/84

Presidente: José Alberto Rossi
Vice-Presidente: João Vargas Montardo
Secretário Geral: Ezequiel Ceciliano Teixeira Garcia
Tesoureiro: Abel Just

Conselheiros Efetivos:
Telmo Schmitz Ribeiro, Mauricio Pamplona, Edésio Jacó Brandalise, Aury Nunes de Moraes, Romualdo Gurak, Joarez Alberto Pellicioli

Conselheiros Suplentes:
Waldemar Bubniak, Francisco de Assis Nunes, Dirceu Guerra, Francisco Morais de Souza, Alfeu Antonio Hausen Beck, Leopoldo Rogerio Medeiros

Junta Governativa Interina
Designada pela Portaria n° 22 de 12/09/84 do CFMV.
Posse: 08 de janeiro de 1985.

Presidente: Roni Tadeu Naschenverg Barbosa
Secretário Geral: Álvaro Walter Bruneti
Tesoureiro: Pedro Edil Assumpção

Designado pela Portaria n°07 de 23/09/1985,do CFMV,
empossado
Presidente:Carlos Alberto de Melo
      Término 03 de dezembro de 1987



7° Diretoria - Triênio 1987/1990
Posse: 03 de dezembro de 1987

Presidente: Nereu Correa
Vice-Presidente: Vamiré Luiz Sens
Secretário Geral: Rodnei Carvalho de Oliveira
Tesoureiro: Leopoldo Renato Alves da Silva

Conselheiros Efetivos:
Carlinhos Marcon, Ricardo Francisco Volcato, João Arthur da Cunha Traverso, Nelson Wachholz, José Joni Waltrick, Gilberto Amorim Souto

Conselheiros Suplentes:
Enori Barbieri, Juarez Ganimo Gomes, Edésio Jacó Brandaliza, Arnaldo Sirai Missugiro, Daniel Luiz Ampessan, Luiz Carlos Galarz



8° Diretoria - Triênio 1990/1993
Posse: 10 de dezembro de 1990


Presidente: Paulo Cesar Rodrigues Duarte
Vice-Presidente: Adelino Renuncio
Secretario Geral: Rodnei Carvalho de Oliveira
Tesoureiro: Pedro Jeremias Borba

Conselheiros Efetivos:
Evaldo Schmidt, Luis Heitor Vasconcelos da Silva, Milton da Silva Nemecek, Jorge Luiz Porto Munari, Alberto Back, Gécio Humberto Meller

Conselheiros Suplentes:
Joel da Costa Pereira, Terezinha Ramos Arruda, Paulo Mauricio Pereira, José Roso,
Benedito José Iglesias Canha, José Joni Waltrick



9° Diretoria - Triênio 1993/1996
Posse: 10 de dezembro de 1993

Presidente: Rodnei Carvalho de Oliveira
Vice-presidente: Lídio Antonio Araújo
Secretário Geral: Dorvalino Furtado Filho
Tesoureiro: Giovanna Mazza

Conselheiros Efetivos:
Amauri João Bertollo, Décio Dimário da Rosa, Telmo Schmitz Ribeiro, Sergio João Dalagnol, Paulo Roberto Heine, Oberdam Martins

Conselheiros Suplentes:
Silas Mauricio Cuneo Amaral, Edemar Fronchetti, Juarez de Campos Freire, Vitor Hugo Brandalise, Erhart Frovin Senger, Beatriz Bernardes Melo



10° Diretoria - Triênio 1996/1999
Posse: 10 de dezembro de 1996


Presidente: Rodnei Carvalho de Oliveira
Vice-Presidente: Dorvalino Furtado Filho
Secretário Geral: Joaquim Magno dos Santos
Tesoureiro: Henrique Sávio de Souza Pereira

Conselheiros Efetivos:
Henry Antonio Carlesso, Silas Mauricio Cuneo Amaral, José Aníbal Dambos,
Luiz Carlos Galarz, Oberdan Martins, Lídio Antonio Araújo

Conselheiros Suplentes:
Vitor Hugo Brandalise, Leonardo Cristiano Seyboth, Silvio de Fraga Santos, Antonio Maria Hermes, Hamilton Wendt, Paulo Ricardo Jacks

Em 23/06/1999 empossado Presidente:
Dorvalino Furtado Filho.



11° Diretoria - Triênio 1999/2002
Posse: 08 de dezembro de 1999

Presidente: Alaor Correa da Silva Filho
Vice-Presidente: Pedro Jeremias Borba
Secretário Geral: Paulo Roberto Costa Leite Garcia
Tesoureiro: Marcelo Henrique Puls da Silveira

Conselheiros Efetivos:
Carlinhos Marcon, Daniel Luiz Ampessan, Erony Luiz Zoche, Henry Antonio Carlesso, Joaquim Goulart Nunes, Milton da Silva Nemecek

Conselheiros Suplentes:
Gerson Jorge Krepsky, Glauber Mauricio Viedo Ávila, José Alves da Silva, Luiz Fernando Jung, ,Miron Mitterer, Rubi Antonio Segatto



12° Diretoria - Triênio 2002/2005
Posse: 05 de dezembro de 2002

Presidente: Alaor Correa da Silva Filho
Vice-Presidente: Henry Antonio Carlesso
Secretário Geral: Paulo Roberto costa Leite Garcia
Tesoureiro: Marcelo Henrique Puls da Silveira

Conselheiros Efetivos:
Carlinhos Marcon, Daniel Luiz Ampessan, Dilamar Rudolf Sartor, Erony Luiz Zoche, José Alves da Silva, Silas Maurício Cuneo do Amaral

Conselheiros Suplentes:
Joaquim Goulart Nunes, José Luiz Athaide da Costa, Marília Terezinha Sangoi Padilha, Milton da Silva Nemecek, Rubi Antonio Segatto, Terezinha Ramos Arruda

Vacância por renúncia dos Cargos de Vice-Presidente, Tesoureiro, Secretario Geral e Conselheiros.

Complemento do Mandato Triênio 2002/2005
Vice-Presidente: Paulo Cesar Rodrigues Duarte
Secretária Geral: Maria Aparecida Chaltein A.Bello
Tesoureiro: Fabio de Medeiros Marcon

Conselheiros:
Fábio Gonçalves Engel, Clóvis Tupinambá Alves Barbosa, Ricardo de Souza Carvalho, Paulo Cesar Rodrigues Duarte, Elton Jose Blageski, Erhart Frovin Senger, Luiz Carlos Simas Custódio



13° Diretoria - Triênio 2005/2008
Posse: 09 de dezembro de 2005

Presidente: Moacir Tonet
Vice-Presidente: Albert Lang
Secretário Geral: Edson Henrique Veran
Tesoureiro: Pedro Jeremias Borba

Conselheiros Efetivos:
Alfredo Dorival Fernandes dos Reis Junior, Nelson Sell Duarte, Jorge Alberto Girrulat da Costa, Lauren Ventura

Conselheiros Suplentes:
Márcia Regina Miggiolaro Barbieri, Rodrigo Martins, Amir Dalbosco, Elvert de Oliveira Filho

Vacância por renuncia, motivo de mudança para outro Estado do Conselheiro Suplente Dirceu Guerra.



14° Diretoria - Triênio 2008/2011
Posse: 09 de dezembro de 2008

Presidente
Méd. Vet. Moacir Tonet
CRMV-SC N° 0837

Vice-Presidente
Méd. Vet. Albert Lang
CRMV-SC N° 1617

Secretária-Geral
Méd. Vet. Dilamar Rudolf Sartor
CRMV-SC N° 0539

Tesoureiro
Méd. Vet. Pedro Jeremias Borba
CRMV-SC N° 0285


Conselheiros Efetivos:

Zootecnista Amir Dal Bosco
CRMV-SC N° 0026

Méd. Vet. Jorge Alberto Girrulat da Costa
CRMV-SC N° 1541

Méd. Vet. Lauren das Virgens Ventura Parisotto
CRMV-SC N° 2578

Méd. Vet. Henry Antonio Carlesso
CRMV-SC N° 0494

Méd. Vet. José Alves da Silva
CRMV-SC N° 0513

Méd. Vet. Marcelo Henrique Puls da Silveira
CRMV-SC N° 1646


Conselheiros Suplentes:

Méd. Vet. Liliann Kelly Granemann
CRMV-SC N° 2434

Méd. Vet. Patrícia dos Santos Coutinho
CRMV-SC N° 2248

Méd. Vet. José Bozzato Sobrinho
CRMV-SC N° 1972

Méd. Vet. Carla Zoche
CRMV-SC N° 3220

Méd. Vet. Edson Henrique Veran
CRMV-SC N° 0485


15° Diretoria - Triênio 2011/2014
Posse: 09 de dezembro de 2011

Presidente
Méd. Vet. Moacir Tonet
CRMV-SC N° 0837

Vice-Presidente
Méd. Vet. Beatriz de Felippe Peruzzo
CRMV-SC N° 2127

Secretária-Geral
Méd. Vet. Carla Zoche
CRMV-SC N° 3220

Tesoureiro
Méd. Vet. Pedro Jeremias Borba
CRMV-SC N° 0285


Conselheiros Efetivos:

Zootecnista Amir Dal Bosco
CRMV-SC N° 0026

Méd. Vet. José Alves da Silva
CRMV-SC N° 0205

Méd. Vet. Silas Mauricio Cuneo Amaral
CRMV-SC N°0777

Méd. Vet. Jorge Alberto Girrulat da Costa
CRMV-SC N° 1541

Méd. Vet. Henry Antonio Carlesso
CRMV-SC N° 0494

Méd. Vet. Michel Tavares Q. Milcent Assis
CRMV-SC N° 2502


Conselheiros Suplentes:

Méd. Vet. Ody Hess Gonçalves
CRMV-SC N° 1882

Méd. Vet. Sérgio Silva Borges
CRMV-SC N° 1724

Méd. Vet. Ederson Bisognin Bortolotto
CRMV-SC N° 2503

Méd. Vet. Susanne Werner Cordova
CRMV-SC N° 2077

Méd. Vet. Eliana Renuncio Bodanese
CRMV-SC N° 1793

Méd. Vet. Marcelo Henrique Puls da Silveira
CRMV-SC N° 1646


16° Diretoria - Triênio 2014/2017
Posse: 09 de dezembro de 2014


Diretoria Executiva
Presidente: Pedro Jeremias Borba
Vice-Presidente: Luciane de Cassia Surdi
Secretaria Geral: Eva Terezinha dos Santos Ota
Tesoureiro: Marcos Vinícius de Oliveira Neves

Conselheiros Efetivos
Adil Knackfuss Vaz
Amir Dalbosco
Henry Antônio Carlesso
Jorge Alberto Girrulat da Costa
José Humberto de Souza
Silas Maurício Cuneo do Amaral

Conselheiros Suplentes
Daiane Rodrigues Ertel
Eliana Renuncio
Luiz Afonso Erthal
Ody Hess Gonçalves
Beatriz de Felippe Peruzzo
Michel Tavares Quinteiro Milcent Assis


Saiba mais

1) Qual a receita dos Conselhos?
Os Conselhos têm receitas oriundas de expedição de carteiras profissionais, anuidades pagas por pessoas físicas e jurídicas, multas aplicadas às pessoas físicas e jurídicas, doações, subvenções, taxas e emolumentos por prestação de serviços.

2) Os cargos exercidos no Conselho são remunerados?
Nenhum cargo é remunerado. O exercício da função de conselheiro federal ou regional no período de três anos é considerado serviço relevante.

3) O Conselho recebe recursos financeiros de algum órgão do governo federal, estadual ou municipal?
Não. A receita dos Conselhos tem origem na sua própria arrecadação, não recebendo nenhum recurso proveniente de qualquer governo, empresa estatal ou de economia mista.

4) O Conselho tem obrigação de defender os médicos veterinários e zootecnistas?
A defesa dos Médicos Veterinários e Zootecnistas nos aspectos trabalhistas, quer seja salarial ou condição de trabalho é prerrogativa dos Sindicatos, prevista na Constituição Federal.

5) Qual o fundamento da existência de Conselhos? 
O fundamento da existência repousa na função social. Os conselheiros existem para coibir a atividade de maus profissionais; daqueles que exerçam a profissão ilegalmente. Neste sentido a função é a defesa da sociedade. Assim agindo, também exerce o papel fundamental em defesa da Ciência Veterinária e da Zootecnia.

6) Quem pode ser conselheiro?
- Médico Veterinário ou Zootecnista brasileiro nato ou naturalizado que esteja em dia com suas obrigações perante o Conselho em que mantém sua inscrição principal;
- Quem esteja em pleno gozo dos direitos profissionais, civis e políticos;
- Quem não preencher os requisitos de inelegibilidade

7) A aplicação de recursos financeiros obedece regras?
A receita deve obedecer o Plano de Aplicação conforme estabelecido pela programação orçamentária. Esta é realizada no ano anterior à sua execução. O orçamento, após aprovação e publicação, segue seu desempenho conforme estabelecido.

8) Os Conselhos prestam contas?
Como se constituem em órgãos públicos federais, os Conselhos prestam contas ao Tribunal de Contas da União (TCU), anualmente. Suas prestações de contas são publicadas no Diário Oficial da União.

9) Qual é a composição dos Conselhos?
São 16 conselheiros, assim distribuídos: presidente, vice-presidente, secretário-geral, tesoureiro, seis conselheiros efetivos e seis conselheiros suplentes.